domingo, 24 de abril de 2011

Os ritmos do jogo


Uma boa equipa de futebol tem de saber controlar os ritmos do jogo.

O jogo tem de se desenrolar no ritmo que a equipa pretende. Há determinados momentos que convém à equipa que o jogo seja rápido, há outros momentos que convém que o jogo seja lento e há até momentos no jogo que convém que o jogo esteja parado.

As super equipas pautam o ritmo de uma partida e ajustam-se convenientemente a esse ritmo.

O que se passa com o Benfica é que só sabe jogar rápido e a pressionar constantemente o adversário.
Quando a equipa necessita de abrandar ou de parar o jogo, perde-se. E isso nota-se mais com equipas do mesmo calibre, porque nos momentos que o Benfica perde o gás, o adverśario se for competente aproveita.

E qual a principal razão para que o Benfica não consiga abrandar os ritmos de jogo?

Para se baixar o ritmo é necessário TER A BOLA. Mas mais que ter a bola, TEM DE SE TER A BOLA LONGE DA NOSSA BALIZA. Porquê? Porque ao ter a bola no meio campo ofensivo, o adversário estará longe da nossa baliza e se a recuperar estará com os seus jogadores muito recuados.

E é aqui que reside o problema do Benfica, NÃO CONSEGUE SEGURAR A BOLA NA FRENTE DE ATAQUE.

Cardozo nesse tipo de jogo é uma nulidade, não consegue ganhar faltas, não consegue ficar com a bola, não conseque receber e jogar nos apoios.
Saviola em 10 bolas que recebe vai 8 vezes para cima do defesa.
Jara em 10 bolas que recebe vai 10 vezes para cima do adversário.
Gaitan e Salvio é a mesma coisa.

O jogo de ontem com o Paços de Ferreira é o exemplo perfeito.
Enquanto teve gás a equipa do Benfica jogou, pressionou, atacou como se o jogo tivesse apenas 45 minutos.
Ao fim de 15 minutos até eu estava cansado de ver a equipa do Benfica jogar.
Depois vem Jorge Jesus no fim do jogo dizer que sabia que na última meia hora havería jogadores que não íam aguentar...

Pois é JJ, o jogo tem 90 minutos, e para ganhar ao Paços de Ferreira é necessário aquela loucura, aquela correria na 1a meia hora de jogo? Sabendo depois que a equipa não consegue baixar o ritmo do jogo?

5 comentários:

  1. http://adeternumslb1904.blogspot.com/2011/04/benfiquistasuni-vos.html

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
  2. O Benfica é aquilo que os adeptos querem. O Benfica não consegue mastigar jogo porque os adeptos começam logo a assobiar. O Benfica não consegue arrefecer um jogo porque os adeptos começam logo a assobiar. A questão é pois o que é que os adeptos querem?

    PS: não tenho dúvidas que fazendo um jogo pior outras equipas tinham sido aplaudidas e tinham tido um presidente a dizer mentiras em como tinham feito um super jogo. só que o Benfica não é um clube qualquer.

    ResponderEliminar
  3. Tiago,
    não deixo de te dar alguma razão.

    Ainda agora estive na Luz a ver o Benfica-porto e de inicio em que o resultado nos era favoravel os adeptos assobiavam sempre que a bola ía para o Julio Cesar.

    Em parte tens razão.

    Agora uma coisa é passar a bola entre os centrais e passar para o guarda redes,e outra completamente diferente é a equipa conseguir TER a bola, circular a bola entre os jogadores.
    E actualmente isso não se consegue.

    Toma atenção nos próximos jogos do Benfica a sequência que se dá às jogadas sempre que a bola entra nos homens da frente.

    ResponderEliminar
  4. Como E então a perder-se tanto Benfiquista e com dão de advinho !
    se perde e assim se ganha e assado se empata não presta se ganha titulos esses titulos só perderam o SCB ,O VITÓRIA ,O FCPORCO e mais uns trocos nas liga o TITULO e fraco e um titulo que foi a equipa dos corruptos dos mafiosos das antas e do wc do lumiar que o perdeu ..
    pro canto esquerdo ! ROUBAR mas nem tanto sempre o MESMO !VAMOS VER UM DIA QUE O s.l.benfica seja BNEFICIADO PELOS bois de preto quero ver a escumalha os covardes a bracejar e dizer disparates que ATE LHES CHAMO LOGO FILHOS DA PUTA DE CEDOFEITA E CONTUMIL junto sem medo nenhum...

    ResponderEliminar